Pink About It

english

02 de maio de 2012

Sobre ideal de beleza e conservadorismo

Tô a dias com essa revista aberta, nesta página, olhando pra essa moça. É um anúncio da Moschino – marca que hoje não me diz muito – mas esse anúncio me disse muita coisa ou, no mínimo, o suficiente pra este post. E o post não é sobre a marca, nem sobre o anúncio, mas sobre a beleza da modelo que nele figura.

Porque faz um tempo que elaboro, enquanto processo referências de muitas imagens que vejo, meu ideal de beleza hoje. Nessa menina encontrei uma imagem que ilustra tudo isso.

A reflexão que sugiro é a seguinte: já repararam que muitas mulheres estão mimetizando suas belezas e ficando iguais?

Me dei conta disso alguns anos atrás, desde que uma mulher que super admiro mais velha que eu uns 20 anos, me perguntou porque eu pintava tanto o cabelo (enquanto eu ia das mechas loiras ao ruivo total), já que um dia, pintar, não seria mais uma opção. Caiu como uma luva e acho que norteia algumas das minhas escolhas de beleza desde lá.

Em paralelo a isso, vejo minha mãe e mais tantas mulheres “da mesma época”, “escravas” das sombrancelhas arqueadas que nos 60 ou 70 eram demais, mas que lá pelos 80 ou 90 já não cresciam o suficiente para que pudessem optar por um outro desenho ou retornarem ao olhar com que nasceram (e que era só seu).

Mas não é só em função das consequências do tempo que penso dessa forma conservadora hoje. Cada tom de cabelo, o seu movimento, cada redemoinho que a gente tem na cabeça é único. Será que não vale tirar partido disso e ser legalmente, unicamente, exclusiva e impreterivelmente você?

Revisitei tudo isso, olhei pra Moschino girl e pensei: sou a favor de sombrancelhas “limpas”, mas espessas tanto quanto possível. Cabelo natural, na cor e na forma e um olhar pra dentro da gente entendendo o que isso quer dizer e explorando ao máximo.

Muito filosófico? Pra gente pensar…Mas acho que o conservadorismo de hoje vai ser a ousadia de amanhã.

beijos,
@recallage

Leia também

  • Arte de vestir

    Uma velha questão ronda a cabeça de quem pensa sobre moda: afinal, moda é arte? [...]

  • Emmanuelle Alt e a confiança

    Emmanuelle Alt, a super editora de moda da Vogue Paris, é conhecida por vestir sempre [...]

Comentários

  1. Texto todo lindo mas o final é arrebatador “acho que o conservadorismo de hoje vai ser a ousadia de amanhã.”

    bjs,

  2. Flaviane Mércia disse:

    Olha não sou muito de comentar, mas acompanho muitos blogs de moda inclusive todos do F*Hits rsrsrs, mas esse post foi sem dúvida alguma o mais lindo que eu já vi!!
    parabéns pelo post, pela opinião que concordo 100%, enfim pelo seu blog, que a partir de agora virei fã!
    Beijos!

    • recallage disse:

      Oi Flaviane! Sabia que você acaba de fazer o meu dia? Sério, fiquei muito, muito feliz com o seu comentário. Serás sempre muito bem vinda aqui e os teus comentários também. um super obrigada pela querideza e um beijo bem grande!

  3. Roberta Weber disse:

    Bah Rê, concordo totalmente contigo! Também não sou muito de comentar, mas este post merece. Tão legal ver uma reflexão assim no Pink! Aliás, essa modelo é uma Australiana chamada Bambi Northwood-Blyth, acho ela deslumbrante e mega natural. Inspiração para a vida… Parabéns pelo post!
    Beijos!

    • recallage disse:

      Oi querida! Eu sei que tu não é de comentar epor isso fico especilmente feliz em te ver por aqui. Que bom que tu gostou, inspiração para a vida! beijos

  4. dehgentil disse:

    Concordo totalmente Rezinha!!! Minhas irmãs e minha mãe nunca fizeram a sombrancelha, acredita??? E são super autênticas qto a isso. Ser natural e valorizar a si mesma SEMPRE!!! Mas, claro, ajudar a valorizar é sempre bom! Chega de meninas laranjas por aí, isso não convence mais. Bjaooo sua linda por natureza

    • recallage disse:

      Dézinha querida! Tu é uma linda por natureza! E claro que a gente tem que se cuidar, valorizar aquilo que gostamos. A reflexão é só para gente aprender juntas a observar e preservar características únicas. Adorei! beijos

  5. Fer Noer disse:

    Re, eu ganhei sobrancelhas finas, antes dos 20, qdo um forno explodiu no meu rosto e só me sobraram fiapos. E cabelos mechados (que já foram ruivos, e castanhos) pq e a solução mais fácil para os fios brancos que resolveram aparecer e, antes, para a oleosidade.
    Esse me fez agradecer por ser, acima de tudo, fiel a mim mesma, apesar do que o top nos impõe. Parabéns! Que muitas Moschino girls se motivem ao te lerem. Um beijo

    • recallage disse:

      Ah, querida, que lindo o que tu escreveu. É nisso que eu acredito, tentar aproveitar até mesmo circunstâncias que nos fizeram aderir a determinadas escolhas e ser muito feliz sendo o que a gente é. Muito obrigada, Fer! beijos

  6. Joyce Farias disse:

    Assim como a Flaviane, eu acesso uns 15 blogs de moda diariamente, mas não costumo comentar. Contudo, esse post me impeliu pela reflexão, franqueza e porque não beleza das suas palavras. Eu adoro looks do dia, trends e etc, mas adoro mais ainda quando uma blogueira de um assunto tido pela maioria como futilidade nos faz refletir. Eu já tinha pensado no assunto quando numa foto de turma, todas as amigas eram muito parecidas. Cabelos lisos, longos, escuros e de franja partida ao lado. Foi aí que constatei a pasteurização nos assola. Quem olha de fora pode até achar que são irmãs. E isso só fez aumentar em mim a vontade de sair daquele quadradinho, me aceitar melhor e brincar com as minhas possibilidades.
    Beijos

    • recallage disse:

      Que bom que desta vez tu resolveu comentar, Joyce! Muito obrigada pelas tuas palavras. É muito bom poder trocar, dizer e ouvir e o conforto de saber que dividimos um ponto de vista. beijos

  7. Sandra disse:

    Rê, esse texto até me emocionou sabia?
    Vc é uma garota que apenas não só tem moda na cabeça mas, eis dotada de tamanha inteligência, originalidade e ousadia. Sou sua fã vc sabe né? rss

    Um beijo!

    http://www.blogdasandrabello.com.br

    • recallage disse:

      Ah, querida! Quem me emocionou foi tu.
      A moda é bárbara e, tu sabe, é minha paixão.
      Mas a gente tem que ficar esperta e, como em tudo na vida, se manter firme as coisas em que acredita, tanto quanto ser livre pra se receber e aderir as novidades (quando elas fizerem sentido no nosso contexto, claro). Isso sim, é um movimento lindo de se ver, né?
      beijos

  8. Aline disse:

    Adorei… é algo para se pensar e refletir mesmo…

  9. Renata Capute disse:

    Renata,
    segui o conselho da minha mãe que dizia que tinha a sobrancelha tão grossa quanto a minha e que hoje tem que preencher com sei lá o quê. Tire o mínimo, filha!!!! tirei mais que o mínimo, mas acho que entendi o que ela disse.
    Sempre fui apaixoanda pelo tom do meu cabelo. Não porque fosse o mais lindo de todos, mas é porque era uma cor impossível de imitar, assim como todas as cores de cabelo naturais!! Hoje em dia, sinto falta do meu castanho com mechas um pouco mais claras, um pouco mais escuras, perfeitamente irregular… Acho que vale a pena curtir o que a natureza nos deu!!!!

  10. Ju Garcia disse:

    Baita texto Re!

  11. Thais disse:

    Acho que nunca comentei aqui no blog! Também acesso vários outros blogs de moda todos os dias, mas hj quis comentar pq justamente nesse final de semana passado estava assistindo TV e comentei sobre essa “padronização de beleza”. Tinha uma menina loira (artificial), com cabelo liso (chapinha), silicone, bronzeada (artificialmente) participando de um programa de TV e eu comentei que “essas meninas” eram todas iguais, se na volta dos comerciais trocassem ela por outra, ninguém perceberia! hehehe Exageros a parte, sou a favor do conservadorismo, como tu falou! Vamos parar com essa padronização!

  12. Ana disse:

    Rezita, amei o post, mas meu comments vai lá pro primeiro parágrafo, pra Moschino. Super 80s memories, mas eu e Isa entramos na loja agora em Milão e tinham muitas peças fortes, ficamos discutindo se não seria a próxima marca a fazer um come back à la Balenciaga. Podia, né? A ver. Beijox

    • recallage disse:

      É bem possível, né Ana? Nesse vai e vem e ups and downs…Quero saber EM DETALHES o que vcs viram de bom por lá. Vou guardar a dica e observar. beijos

  13. Vanessa disse:

    Rê. Conheci teu blog faz alguns meses e ele já está na minha barrinha de favoritos, dos que olho diariamente com a intenção de me inspirar pro novo dia! Bueno, simplesmente amei esse post, como outras já falaram acima, pela capacidade de reflexão que ele nos traz. Tenho 27 anos e dos 16 aos 24, fazia luzes no meu cabelo. Há 3 anos resolvi que meu cabelo castanho era lindo! E que quem me achasse bonita dali pra frente seria pelo que eu era, e não pelo que eu queria que os outros vissem. Amei e amei esse post. Sucesso! Beijos!

    • recallage disse:

      Obrigada, Vanessa! Fiquei muito feliz, viu? Estamos juntas nessa. E daqui a uns anos vamos nos orgulhar das escolhas, né? Assim espero! beijos

  14. Lucas de Ac disse:

    Clap! Clap! Clap!
    Palmas para esse post.
    Concordo em todas as palavras!

    Abraco,
    Luc.

  15. Patrícia Tanajura disse:

    Sempre passo por aqui e adoro” Hoje eu queria sair assim”, pois são muitas as inspirações.
    Achei esse post tããão importante por que parace que hoje, eqivocadamente, parece ser mais fácil copiar um padrão-nem que isso custr muitos sacrifícios, do que se olhar bem no espelho e valorizar as características que temos. A auto estima tem que andar de mãos dadas com a auto crítica, mas se isso funcionar, como podemos ser lindas – e únicas nessa beleza!
    Bjo e parabéns pelo blog.

    • recallage disse:

      Que bom saber, Patrícia! Penso exatamente como você e este post…foi tão bacana ver que tanta gente tbm pensa assim! Obrigada pelo carinho, e por dividir aqui com a gente. beijos!

  16. Rebecca Rosa disse:

    Rê, faz tempo que acompanho teu blog. Adoro tuas postagens, os textos são ótimos e os assuntos mega interessantes! Legal fazer a abordagem de temas que nem todo mundo gosta de falar, como por exemplo, padrões de beleza. O Pink é inspirador, parabéns! Beijão.

Deixe um comentário


1 + 2 =

Destaques

Busca

Arquivos

Blogroll

Tags

Calendário

maio 2012
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Newsletter

Muitas das imagens deste blog vem de fontes diversas, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. nenhuma das fotos pertencem ao Pink About It, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver neste blog e você deseja sua remoção, favor enviar um e-mail para renata@pinkaboutit.com que prontamente a retiraremos do ar. Obrigada!!!