Pink About It

english

18 de outubro de 2012

É a vez de Paris, #PFW

Duas vezes por ano todos os olhares se voltam para Paris, pois é lá que acontecem as semanas de prêt-à-porter mais aguardadas entre os fashionistas. Se Nova York tem o frescor, Londres a vanguarda e Milão a elegância, é Paris que reúne os principais nomes, aqueles que realmente têm o poder de lançar tendências.

Agora, sem mais delongas, vamos ver quais foram as tendências lançadas nessa temporada em Paris.

O estilo: nessa temporada o decorativismo perdeu suas forças e deu lugar a coleções mais minimalistas. Até marcas como Balenciaga, que não é muito adepta do estilo, privilegiaram as formas mais retas e estruturadas em suas coleções. Ainda assim, é possível perceber alguns outros temas recorrentes, como o japonismo – aqui representado pela Hermès – e o safári da Kenzo.

O tecido: o jeans bruto, sem qualquer tratamento ou lavagem, foi a novidade da temporada no quesito tecidos. Aqui as versões da Balmain, Chanel e Miu Miu.

A cor: o preto e o branco, juntos, formam a dupla infalível da estação. Apesar de não combinar tanto com o verão, a clássica combinação é garantia de elegância. Aqui modelos das coleções de Anthony Vaccarello, Céline e, claro, da Chanel.

O look: se em Nova York foi o terno branco, em Paris o destaque foi para o traje de gala masculino, o smoking, que ganhou releituras pelas mãos de diversos estilistas. O smoking virou um macacão na coleção de Jean Paul Gaultier, ficou mais feminino na Dior e ganhou versão oitentista na Balmain.

O detalhe: depois da febre do peplum – que ainda não saiu totalmente de cena, diga-se de passagem – os babados localizados nas golas e na barra das saias vêm para dar um toque de feminilidade à moda da estação. As imagens são das coleções da Balenciaga, Chloé e Givenchy.

A estampa: a temporada é das estampas com formas geométricas. Depois das listras em Nova York, em Paris foi a vez do quadriculado e do pois aparecerem nas coleções de marcas como Louis Vuitton, Chanel e Haider Ackermann.

O sapato: o clássico scarpin foi o preferido da temporada, mas nós destacamos também o famigerado salto de acrílico, que apareceu em diversas coleções. Essa tendência dá continuidade aos sapatos com detalhes em plástico, que nós já mostramos aqui. Os modelos abaixo são de Alexander McQueen, Stella McCartney e Valentino.

O acessório: o cinto super largo apareceu em diversas coleções com interpretações diferentes. Na coleção ultra feminina da Alexander McQueen ele lembra um espartilho, já nas coleções mais austeras de Ann Demeulemeester e da Saint Laurent, o cinto parece mais uma armadura.

Por @ferdiprestes
Imagens: FFW e Style.com

11 de outubro de 2012

NY Fashion Week, nosso “resumão” após a sinapse

A semana de moda de Nova York, uma das quatro principais do mundo, é conhecida por apresentar uma moda altamente usável e desejável. Isso quer dizer que, com algumas exceções, as marcas que desfilam na cidade não são grande lançadoras de tendências, mas mostram coleções boas de assistir e que podem sair diretamente da passarela para as ruas.

Abaixo, fizemos um resumo com os principais destaques da temporada primavera/verão 2013:
O estilo: impossível falar de um só estilo em comum entre tantos desfiles, mas podemos perceber algumas tendências principais. O estilo esportivo costuma ser recorrente entre as apresentações da semana de moda de Nova York, e nessa temporada não foi diferente. Rag & Bone, Helmut Lang e Lacoste estão entre as marcas que apostaram nessa tendência. Outras marcas, como Jill Stuart, Jenny Packham e Marc Jacobs, optaram por um estilo retrô, com ares de anos 50, mais ladylike, e 60, mais futurista. As imagens são dos desfiles de Helmut Lang, Jill Stuart e Jenny Packham.

O tecido: não é exatamente um tecido, mas o couro se tornou um dos materiais preferidos dos estilistas em suas coleções de verão, superando o estigma de que só poderia ser usado no inverno. Para tirar o aspecto pesado, a maioria das marcas optou por utilizá-lo com tecidos leves e transparentes. Abaixo, modelos de Jason Wu, BCBG Max Azria e Reed Krakoff.

A cor: o branco reinou absoluto na maioria das passarelas de Nova York, mas, tratando-se de verão, um pouco de cor é sempre bem vindo. O azul e o verde – juntos, de preferência – e o laranja cumpriram o papel de alegrar a estação. Imagens de Victoria Beckham, Proenza Schouler e Narciso Rodriguez.

O look: o terno branco, que se tornou uma verdadeira obsessão para mim, tem tudo a ver com as noites de verão. Aqui ele aparece em três versões: mais moderno, da Calvin Klein; clássico e elegante, da Oscar de la Renta; e despojado, da Tommy Hilfiger.

A silhueta: as décadas de 50 e 60 voltam a aparecer por aqui, definindo a silhueta da estação. Dos anos 50 vem a cintura marcada, que evoca uma mulher mais romântica e feminina, como a de Monique Lhuillier. Já dos anos 60 vem os vestidos de comprimento mini e corte em A, como mostrado por Michael Kors. O shape reto e afastado do corpo também apareceu bastante, principalmente nas coleções de marcas mais modernas, como Alexander Wang.

O sapato: a controversa gladiadora vem maximizada nessa temporada, em versões que deixam em dúvida se são sandálias ou botas. Apareceram nas coleções de Altuzarra, Proenza Schouler e Victoria Beckham.

A estampa: esqueçam os alegres florais que estamos acostumados a ver (e vestir) no verão. Dessa vez foram as listras que dominaram as passarelas, seja nas versões mais gráficas de Marc Jacobs e Michael Kors, ou mais navy como na Tommy Hilfiger.

A animal print: apesar da onça ainda ser a preferência nacional quando se trata de animal print, é a cobra que vem aparecendo nas melhores coleções da estação, como a de Proenza Schouler e Reed Krakoff.

A beleza: maquiagem “nada”, fresh e iluminada, como pede o verão. Os cabelos repartidos no meio e com os fios bagunçados foram os mais vistos nos desfiles de Nova York. Não posso deixar de destacar a trança espinha de peixe de Tory Burch, penteado lindo e tudo a ver com a estação.

Imagens: FFW e Style.com

Por @ferdiprestes

18 de setembro de 2012

Look do dia – London Fashion Week dia #1

No primeiro (e que até este momento era o último – sorry!) post aqui de Londres, falei que ia postar o look que usei no jantar oferecido ao Fhits pela NK Store.

So, at last, but not least...taí minha “misturinha”.

 

 

A história desse look é a seguinte: comprei essa saia aqui em Londres no mês passado, quando caí de amores por essa estampa. Só que esse shape, assim rodadinho, não tá no meu “top 5″, que quase sempre pende pra alguma coisa menos comportada.  Então, pra matar o desejo do floral amor à primeira vista sem cair num look total ladylike, experimentei o mix com camisa de couro e sapatinho com spikes e gostei dessa fórmula.

Moral da história: Tem algumas peças que rapidamente revelam o nosso estilo, falam por nós e são os “nossos clássicos”, como foram pra mim, neste caso, a camisa e os spikes. Misturando com peças que façam este papel dá pra experimentar novidades e matar desejos repentinos e inusitados, mantendo a coerência de estilo que a gente busca, concordam?

P.S.: Tá, mas que eu quero saber mesmo é se vcs gostaram!…Fazia tanto tempo que não tinha look do dia, né?

beijos, @recallage

o look: Camisa Bo.bô, saia Ted Baker, sapato Valentino e clutch YSL.

 

 

 

 

15 de setembro de 2012

London calling

É, parece que foi ontem (não pensem que não agradeço ao papai do céu, a TAM e a turma do Fhits guardadas as devidas proporções, é claro) e felizmente estou aqui mais uma vez.

Andei meio sumida na última semana porque estava resolvendo coisas da vida, e, COMO tem coisa, né?

Sobre essas não vou contar porque, sinceramente, tooo boring (estilo desperate housewives porém sem a caricatura que faz da série uma comédia).

Passo por aqui pra contar, isso sim, que estou em Londres, essa cidade que tanto amo e que super me inspira, e mostrar rapidinho as coisas boas ocorridas nos últimos 2 turnos, desde minha recente aterrissagem na terra da rainha (além de dizer que essa semana vai valer passar aqui pelo Pink pra gente bater um papo).

Já sobre as últimas 12 horas:

1 – Sabe aquele dia em que você se olha no espelho e gosta do look sem nenhum motivo ou inspiração especial? Essa fotinho no elevador é sobre isso e sobre como cheguei aqui =)

2 – Fiz a mala mais “objetiva” de toda a minha vida numa ocasião fashionista como a LFW. Me digam depois se foi enxuta demais, ok?

3 – Achei que já conhecia muitos bons hotéis em Londres mas essa cidade não tem fim. Do Corinthia Hotel, onde estamos hospedadas, deixo por hora as flores lindas e o cartão delicado, que recebi ao lado de champagne e boas vindas. Depois quero contar mais.

4 – Graças a TAM e a parceria da empresa com o Fhits este ano foi mais rico, mais recheado e colorido. E quando falo em “fidelidade”, sorry o trocadilho, I really mean it!!!

5 – Chegar no quarto do hotel e encontrar flores, champagne e um cartão personalizado, escrito de próprio punho, não tem preço. Encontrar em cima da sua cama o convite para desfile da Burberry na London Fashion Week endereçado à você…OooI?? Ploft.

6 – E pra acabar a noite, e os meus relatos, mas só começar os trabalhos, o registro de um querido jantar de boas vindas no Mandarin Hotel oferecido pela NK Store  (loja que amo), e com make feito em mim pela minha querida amiga Ane Medina – popularmente conhecida como Eu Maquio, pra eu pagar de bonita apesar do jet lag.

Beijos, @recallage

19 de junho de 2012

Tête-à-tête com Tilly Macalister-Smith, editora de moda da Vogue UK, no QG Fhits – entrevista

Ontem o QG Fhits recebeu mais uma visita super ilustre: Tilly Macalister-Smith, editora de moda da Vogue Uk.

Ao lado de Bárbara Leão de Moura, editora de moda da Vogue Brasil, o papo foi animado e as semelhanças e afinidades entre Vogue Brasil e Vogue Uk ficaram muito claras neste encontro, o que pretendo mostrar para vocês no vídeo que fizemos (e que bom pra nós, né?).

Então ao final da mesa redonda, encontrei a Tilly de bobeira no QG, esperando para fazer as unhas. Pensei em tantas coisas que a gente poderia queria saber dela e resolvi arriscar. Entre uma pincelada de esmalte e outra, fiz uma pequena entrevista que poderia não ter acabado nessa semana ou neste mês, kkkk, não fosse pela agenda busy – também pudera – da moça das modas por trás das maravilhas que vemos na Vogue Inglesa.

Confere aqui ela toda linda e nosso papinho na manicure, kkk:

Rê: Como vc define seu estilo hoje?
Tilly: Bem inglês, eclético. “Nós ingleses não somos muito bom em ser chics”.

Rê: Qual o seu look preferido no momento?
Tilly: Até 1 ano atrás só usava preto e recentemente descobri as cores e o mix de estampas. Gosto de misturar coisas como 3 cores e diferentes estampas (listras, estampas gráficas, animal print).

Rê: Tem um segredinho de styling seu para recomendar para as leitoras do Pink?
Tilly: Brincar e usar muitos acessórios. (ela mesma usava algo entre 6 ou mais pulseiras diferentes, anéis e um máxicolar com pedras de cristal e outras em tons neon).

Rê: Tem um ícone de estilo?
Constanza Pascolato e Iris Apfel – quero ser como elas quando crescer. Para citar uma mais jovem: Pixel Geldof.

Rê: E nas brasileiras, há alguma característica que você ache que as mulheres daqui deveriam explorar?
Tilly: Não se tornar clichê mas aproveitar melhor os produtos brasileiros e o estilo do país e se tornarem embaixadoras das cores e estampas de uma forma moderna e obviamente e não cafona.

Rê: Quais as marcas brasileiras que você conheceu até então?
Tilly: Adriana Degreas, que aliás lhe chamou a atenção pois beachwear para ela, até então era só um bíquini. Vendo a coleçãoo de moda praia de Degreas ela ficou impressionada porque há um guarda roupa inteiro.
Isolda London, Patrícia Vieira e Silvia Furmanovich.

Rê: Já tem suas marcas brasileiras preferidas, um short list?
Tilly: Ainda tenho muito para ver, acho que terei um top five até domingo.

Rê: Tenho lido a respeito do novo minimalismo. Você acredita que esta será a próxima tendência? Que vai vingar?
Tilly: O inverno é mais sério., no entanto acredito que as cores vão permanecer mas o shape longelínio, na próxima estação vai mudar para um shape bem minimalista.

Rê: Quem são os novos e promissores designers ingleses que devemos observar?
Tilly: Simone Rocha, Sophie Hulme, Eudon Choi e JW Anderson são a “next big thing”.

Rê: E com relação as luxury brands, quais você acredita que estejam em alta neste momento?
Tilly: Dior, Gucci, Prada, Chanel, Fendi e claro, Hermès que nunca vai morrer.

E aí, copiou? (eu guardei tudinho ;)

beijos, @recallage

19 de junho de 2012

Look do dia QG Fhits dia #4

Aaaai que atraso!

Nem vou repetir o que já disse aqui mas… essa semana é insana! O resultado = post atrasado! Mas não devia deixar de publicar, né?

Neste quarto dia de fashion week estava afim de um look mais descontraído e me rendi ao bom jeans rasgado. Mas para o look não ficar desleixado, uma boa camisa, uma sandália metalizada e um máxi colar que apaixonei.

Aliás, sobre máxi colares, alguém me contou uma história engraçada. Não lembro quem contou e nem de quem se tratava, mas era sobre alguém que chamava um máxi colar seu de conversation starter. Sabe aquele assim, que a pessoa ainda nem te viu, vidrou nele e já lança um elogio? Esse aí, minhas amigas, agiu tal e qual.

beijos, @recallage
o look: camisa TalieNK, jeans Zara, colar Lela acessórios e sandália Shoestock.

15 de junho de 2012

Look do dia QG Fhits dia #4

Notaram que neste SPFW estou mais “clássica“, por assim dizer? kkkk…

Quem não curte a linha, no worries, é só uma fase.

Quem curte, putz, é só uma fase ;)

Piadas a parte (hj estou bem humorada), o look de hoje, assim como o de ontem, foi mais maduro e comportado que o habitual, olha só:

E aí, me falem, estão gostando da minha fase “caretinha”?

beijos, @recallage
o look: Camisa Pat Bo, saia Zara, sapato Chanel, cinto Framboesa.

15 de junho de 2012

Look do dia QG Fhits dia #3

Notaram a minha ausência aqui, né?

Mas é que nessa semana tem que aproveitar para ir em todos os lugares, absorver toda a informação, e quando dá, correr pra cá pra registrar tudo. Não deu antes…

Mas vocês já sabem como é essa semana, né?

Então, por tudo isso é que o look de ontem chega por aqui um pouquinho atrasado.

Mas acho que vale a pena ver. Eu, ao menos, estou apaixonada pelo designer do vestido que estou usando neste look, e que depois vou contar mais sobre ele aqui, o Gary Graham. Nova Iorquino, descobri suas peças em uma multimarcas super bacana em Los Angeles e disse, literalmente, da me dos! Este é um deles. Gosto de pensar que ele é uma versão moderna de um vestido de princesa (e quem não gosta?), com corpo de seda, saia armada de organza, mas a parte moderna está no cadeirão baixo e nas transparências e nos bolsos laterais.

Para compor, cardigan Barneys NY, colar Butler & Wilson e slipers Schutz.

beijos, @recallage

12 de junho de 2012

Look do dia QG Fhits dia # 2

Ai, hoje deu tempo de escolher com carinho o look, fazer make, cabelo, tão melhor assim, né? O dia quando a gente consegue se dedicar um pouquinho à produção é outro, vai dizer.

E ainda, estou matando meu desejo por brocados (que começou vendo imagens do último inverno europeu) com este casaco fespecial feito pela minha querida Victoria Seger.

Pra descontrair a alfaitaria e o tecido sofisticado com ar mais sério, jeans rasgado (outra paixão) e anabela de spikes.

E aí, gostaram?

beijos, @recallage

12 de junho de 2012

Introducing QG Fhits SPFW Verão 2013

Outra coisa que não tem como não mostrar aqui é o nosso QG Fhits, né?

Mais uma vez estamos na suíte presidencial do hotel Unique, mas a cada edição ele está melhor, mais equipado, mais agradável e tornando nossa estada aqui durante esta semana louca, muito mais simples.

Querem ver?

O lounge onde rolam os encontros, bate papos e onde recebemos special guests como a Taylor.

Uma sala com roupas da Talie NK, Tigresse, Hering, Dress To + sapatos e bolsas Shoestock e Le Postiche (esta última apenas com bolsas) + acessórios Balonê, Lela e Morana e, por último, óculos Luxóttica, tudo a disposição pra contribuir nos looks du jour ;)

Espaço Make B, de O Boticário, que é a maquiagem oficial usada no QG e um espaço com maquiador da marca (olha eu ali =))

Espaço para cabelos com equipe do Marcos Proença (olha que linda a Nicole Pinheiro, nova colega de fhits, do fashion hall)

E por último, a TAM, que aproveito para agradecer aqui, que é patrocinadora especial e tem literalmente nos mantindo nas nuvens, fornecendo passagens para que a gente possa estar em todos os lugares.

Se é que isso é possível, fica ainda mais gostoso trabalhar assim.

beijos, @recallage

Destaques

Busca

Arquivos

Blogroll

Tags

Calendário

agosto 2014
S T Q Q S S D
« dez    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Newsletter

Muitas das imagens deste blog vem de fontes diversas, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. nenhuma das fotos pertencem ao Pink About It, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver neste blog e você deseja sua remoção, favor enviar um e-mail para renata@pinkaboutit.com que prontamente a retiraremos do ar. Obrigada!!!