Pink About It

english

25 de abril de 2012

Eu vejo flores em você. Coachella e headbands.

Quer ver outro hit de Coachella? Headbands..!

Mas quem acha que já sabe o que vai ver, talvez até saiba, mas pra mim o tema novo: flores! Arcos de flores decorando cabecinhas das meninas das mais românticas às mais descoladas, repara só:

Será que só em Coachella pode? kkk..

beijos, @recallage

24 de abril de 2012

Sobre Coachella, sunglasses trends e Paris Hilton

Fato que Coachella sempre lança tendências.

Se apareceu por lá, pode saber, ou já está super rolando ou é a próxima onda que vem por aí.

Mil coisas – sobre as quais ainda quero falar – me chamaram atenção na edição 2012 do festival. Mas uma das que se destacaram foi a febre por óculos com armações coloridas (e que muitas vezes vinham acompanhadas de lentes espelhadas, numa espécie de combo color blocking shocking).

Quem achava que o sucesso do modelo Ray-ban wayfarer – que faz parte do mix de produtos que a marca em questão chama de “the legend” – duraria 5 minutos, muito se enganou. No meio de tantos roundglasses querendo ser hype, parece que as lentes quadradinhas mantêm inabalado o seu lugar.

É bem verdade que, a turma que está sempre em busca de novidades, já anda desfilando por aí outros dois modelos da marca (e não é que parece que Ray-ban pegou mesmo o jeito e vem acertando a mão pra lançar hits?!) o clubmaster e roundmetal.

Mas em Coachella, com pedigree ou sem, só deram estes, vem ver:

Paris Hilton (sim, eu fotografei a Paris!!), em sua caminhada slow motion no melhor estilo MISS, é que não parecia dar muita bola pro mundo lá fora, e desfilava suas lunetas do tipo máscara (que ano hoje, gente?) and espelhadas. Bom, mas Paris é Paris, malandro é malandro e por aí a gente vai vendo, né?

beijos, @recallage

fotos: @recallage & @marciocallage.

23 de abril de 2012

Coachella 2012 moodboard

Genteeeeees….. que saudades!

Quem segue @recallage no instagram e twitter viu que estive novamente em Coachella, aquele festival de música na Califórnia.

(Quem não segue, talvez nem tenha percebido, pois – com todo o carinho todo mundo, viu?? – deixei posts prontos para todos os dias da minha “ausência”)

Mas voltando pra Coachella, queria não ter escrito estes posts no ano passado – este, este, este e este aqui), quando registrei minhas impressões de primeira vez sobre esta experiência única. Assim poderia escrever tudo de novo (e provavelmente mais) sem me sentir repetitiva.

Em consideração aos que já estavam comigo e com o Pink na época, não vou contar tudo novamente. Só quero dizer que Coachella é uma experiência que acho que todo mundo deveria viver (e para os novos e bem vindos amigos, os posts do ano passado valem a pena conferir).

Estar lá, neste ano, foi igualmente mágico e divido com vocês o que estou chamando de Coachella 2012 moodboard, com fotos de um pouco de tudo, pois a inspiração para a moda (e pra qualquer coisa do mundo), cada vez tenho mais certeza, está na vida.

um beijo carinhoso para matar as saudades, @recallage.

fotos: @recallage, o maridão @marciocallage e minha nova Cannon rebel que é um “post” a parte.

04 de novembro de 2011

How to dress: festival de música

Em Coachella 2011 – pra que não conhece aquele festival de música super hypado e lançador de tendências, fiz várias fotos de street style bacanas nestes posts aqui e aqui.

Quem não tinha visto ainda e está programado para o Planeta Terra neste final de semana, vale a visita pra inspirar o look, como imagens como esta:

Quem não tem festival de música em vista, mas também não viu este post, clica ali pra ver uns #bonslook inspiradores pro verão, anyway.

beijos, @recallage

26 de julho de 2011

Wish list de verão #2

Mais um item que acho a cara do próximo verão.

Quem viu a cobertura de looks bacanas que fiz em Coachella aqui, aqui e aqui deve lembrar que já estavam por lá.

E continuaram, vestindo as meninas mais bacanas e aparecendo onstensivamente verão europeu a dentro. São os crop tops,  um hit dos anos 90 em momento revival.

 

 

 

 

Este modelo de blusa se caracteriza pela modelagem reta porém larguinha, como a das t-shirts, mas com comprimento míni (podendo ser usado sobre a cintura da peça de baixo, ou deixando parte do abdômen à mostra, no caso das bem curtinhas)

 

Acho que o ponto alto de elegância que se pode obter com elas é quando usamos com cinturas altas (de calças ou saias) deixando a mostra apenas uma “faixa” horizontal da cintura e sem aparecer ou umbigo.  Aquele mostra mas não mostra, sabe?

 

Amo essa sutileza, mais sensual e menos explícita do que a barriga toda de fora (o que eu particularmente, tendo a não gostar muito).

E tem ainda outras mil possibilidades:

 

 

 

 

Nesta mesma viagem à Califórnia (quando fui a Coachella), comprei 2 modelos (coincidentemente ambos são rendados) na H&M. Dia desses usei um deles no aniversário de 30 anos de uma amiga, numa outra combinação que eu gostei muito e recomendo: crop top + flare jeans.

beijos, @recallage

31 de maio de 2011

Coachella 2012 – Stay tuned!

Quem me acompanha aqui no Pink About It sabe que uma das experiências de VIDA mais incríveis que tive, foi ter ido no Coachella 2011.

Tanto que desde que acabou já me preparo pro festival do ano que vem, acreditam?

E agora acabo de ver que a organização do evento divulgou que as vendas de convites para o festival de 2012 estarão à venda aqui a partir de 03/06, nesta sexta-feira!

Quem tem interesse, corre, porque o evento é muito concorrido. Tanto que o festival, que sempre aconteceu durante um final de semana, em 2012 será clonado, acontecendo em 2 finais de semana seguidos, e idênticos.

O line up ainda não foi divulgado, mas se você conhece um pouquinho da tradição de Coachella, sabe que dá pra comprar no escuro, pois com certeza vai ser incrível e surpreendente.

Se você não conhece Coachella, confere a cobertura do Pink About It aqui e os melhores looks 1, 2 e 3.

Nos vemos lá?

beijos, @recallage.

28 de abril de 2011

Análise Fashion – Coachella 2011

Já que Coachella é conhecidamente um evento lançador de tendências, enquanto fotografava as bacanas e seus looks diários, mantive minhas anteninhas ligadas na observação geral, pra processar esta informação e fazer esta compilação aqui.

Com base nas minhas percepções (e sem nenhuma metodologia técnica – apenas estes olhinhos que costumam ser bons detectores, kkkk…), montei um pequeno guide de tendências Up & Down, além daquelas que já conhecemos bem, mas que parecem continuar agradando o pessoal mais informado.

Vale lembrar, é claro, que estamos falando de tendências percebidas num festival de música, ou seja, não é uma análise de street style geral, pois um festival de música tem um dress code específico.

Mesmo assim, acredito que muito do que estava lá vai ganhar as ruas em situações diversas.

Ahhhh, já ia esquecendo: quando de “versões de gladiators” gente, “pelamor”, não se tratam daquelas que iam até os joelhos. O comprimento é, no máximo, até os calcanhares.

Espero que gostem!

beijos, @recallage

25 de abril de 2011

You’re beautiful just the way you are

Imagine um lugar para o qual pessoas legais parecem preparar o seu melhor astral, talvez durante um ano inteiro, para usá-lo por três dias.

Imagine um vasto gramado cercado das belezas da natureza, como cenário que abriga 80 mil pessoas a cada dia, de todas as nacionalidades, cores, tipos, crenças e gostos, e todos convivem harmonicamente.

Nenhum gesto violento, empurrão. Nenhuma cara feia no bar, ou do segurança.
Imagine um lugar onde a idade não separa. Adultos e crianças, com o mesmo espírito, celebram e brincam a vida.

Imagine a mais plena liberdade de expressão. A liberdade de ir e vir, onde até as mais cobiçadas celebridades vivem o (quase) anônimato, e curtem do seu jeito o festival. (Só eu vi, numas de curtir mesmo: sir Paul McCartney, Danny DeVito, Paris Hilton, Alessandra Ambrosio, Penn Badgley (o Dan, do seriado Gossip Girl)

Junte tudo isso, e coloque como trilha sonora as melhores bandas da atualidade e algumas que você nunca ouviu falar, e vai adorar descobrir.

Este lugar não é o paraíso. É Coachella. É Índio, na Califórnia. Uma cidadezinha charmosa e organizada, à 200 milhas de Los Angeles, no deserto americano.

Em termos práticos, Coachella funciona assim:
É uma mega estrutura de 2 grandes palcos mais 3 tendas menores. Nestes 2 palcos, paralelamente, tocam as bandas consagradas. Nas tendas, as bandas e djs revelações.

Em comum entre todos, do mais consagrado, ao mais anônimo, o respeito ao horário marcado e ao público, e um visível orgulho em tocar especificamente neste festival.

Neste cenário e tendo a boa música como pano fundo, é que vemos as manifestações mais espontâneas, as coisas mais malucas, as fantasias mais incríveis e as expressões de seres humanos que, se estiverem sempre embuídos deste espírito, podem mudar o mundo.

Mudar o mundo rompendo as barreiras de qualquer tipo de preconceito, Mudar o mundo exercitando a amizade, a paz e a generosidade. Mudar o mundo com o que podemos fazer de melhor, que é, sem dúvida, sermos nós mesmos. Tal como sejamos.

Encontramos em 2011, na California, toda vibe … da California. Da sua história com a música e, a tradição dos festivais. Do movimento Flower Power, dos hippies. De uma juventude livre mesmo. São gerações, já, inspirando e emocionando o mundo. Comigo não podia ser diferente.

No último dia em Coachella, encontramos esse cidadão da primeira foto abaixo, com expressão tranquila, sentado no meio do nada, com um bloco que tinha algo escrito mas que, no escuro, não conseguíamos ler. Fotografamos o que parecia ser um personagem interessante, uma figiura folclórica, ou talvez só mais um cara fantasiado.

Vendo as fotos depois, demos um zoom no caderno e lemos a mensagem escrita no bloco. Tudo fez sentido. Ele soube resumir em uma singela frase uma mensagem linda, o que de mais bonito eu levava de Coachella: You’re beautiful just the way you are.





























…sem mais…!

beijos, @recallage

20 de abril de 2011

Coachella & Lacoste Pool Party. Dia #3. Best looks.

Terceiro dia de festival.

Nada como dois dias pra gente se ambientar a um lugar, especialmente como este – que é totalmente diferente de tudo – e entender o dress code.

Dos três dias de Coachella, foi no terceiro que achei o meu look mais legal.


(chapéu Urban Outfitters, tshirt e top de renda Bobô, colete Topshop, saia Zara, bota Steve Madden e clutch Alexander Wang)

E não fui só eu :)!
Neste dia, eu que ficava fotografando todo mundo, fui fotografada algumas vezes também, a mais especial delas pelo WGSN. Cool..!

Antes de Coachella, nossos amigos da VOID e Mr Cobra Snake, nos chamaram pra pool party da Lacoste.

Outra experiência incrível.

Sabe aqueles festas que a gente acha que só existem em filmes? Com as pessoas de bíquini, tomando drinks e dançando em volta da piscina, em plena luz do dia? Foi assim o nosso “esquenta” para o festival.

Dá uma olhada no clima.


(meu amigão, Rodrigo Santanna e meu maridão, Márcio Callage)

Partimos de lá para a última noite de Coachella que parecia especial. Um ventinho gostoso soprava no deserto escaldante. Um clima de despedida com gostinho geral de quero mais.

E eu, como sempre, por trás das lentes da minha beloved Cannon G12 atrás das meninas mais bacanas.

Mas Coachella não acaba por aqui. Ainda tenho muito pra contar, coisas que vão além da moda, que são comportamento, expressão e registros de atitudes que eu acredito que podem mudar o mundo. Sim, mudar o mundo.

Isso vocês vão ler na segunda-feira, pois agora estou à caminho do Brasil mas vou preparar este post no feriado.

Que o coelhinho seja bem bacana com vocês:). Bom feriado. Happy Easter!

beijos, @recallage.

19 de abril de 2011

Coachella. Dia #2. Best looks.

No final dos três dias de Coachella estava impressionada com a quantidade de informação sobre moda que tinha registrado no meio do deserto da Califórnia nesse evento incrível. Ontem de noite, já no hotel em LA, pesquisando na internet descobri que não era só eu.

O site da VOGUE UK, resumiu o festival nessa frase: “THIS year’s Coachella Music Festival was almost more about fashion than music.” (traduzindo, quer dizer mais ou menos assim: neste ano o festival de música Coachella foi quase mais sobre moda do que música”).

A análise maior vou fazer na volta ao Brasil. Mas dá uma olhada nos looks bacanas que eu fotografei no segundo dia do festival, (você já deve ter visto os looks do primeiro dia aqui) e você vai entender do que estamos falando (SIIIIIIIIIIM! Eu fotografei Alexa Chung!!!)
.


*se você ainda não conhecia ( e vale pena conhecer) essa é Alexa Chung e vc pode ver mais sobre ela aqui.

E esse foi o meu humilde look para o dia :)

(Camisa Topshop, short C&A – que eu customizei há anos atrás a partir de uma calça jeans masculina – quando era impossível encontrar shorts boyfriend – botas Steven Madden, óculos Chanel).

Não é demais? Ver as pessoas livremente se expressando através da moda e da música. Eu penso que combinação melhor, não há!

Agora vou indo porque a viagem ainda não acabou.

Estou em Beverlly Hills e preciso sair correndo daqui pra ver mais um monte de coisas bacanas pra contar pra vcs depois.

See you soon:)!
beijos, @recallage

Destaques

Busca

Arquivos

Blogroll

Tags

Calendário

julho 2014
S T Q Q S S D
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Newsletter

Muitas das imagens deste blog vem de fontes diversas, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. nenhuma das fotos pertencem ao Pink About It, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver neste blog e você deseja sua remoção, favor enviar um e-mail para renata@pinkaboutit.com que prontamente a retiraremos do ar. Obrigada!!!