Bota de cano médio, pra quê te quero (?)

Está em todos os sites de street style, em todas as boas lojas de sapatos, em todas as revistas de moda, e muito provavelmente na sua wish list de inverno, não?

É a bota de cano médio, que entre as pouco usadas cuissardes (aquelas que vão quase até a coxa) e as velhas conhecidas – eu diria até borings – montarias (de comprimento até joelho), se destacou nos pés das moças mais antenadas no último inverno lá fora.

Muita gente tem dúvida sobre como usar este modelo, então vou dar a minha dica.

Acho que o look mais fresh, mais atual, está compreendido em uma palavrinha: contraponto.

É que entre as propostas de botas com cano de comprimento médio que vamos encontrar, há estilos diferentes.

Há os coturnos e derivados, genuinamente mais pesados, mas há também modelos mais delicados, com salto alto e, eventualmente, bico fino.

O look mais atual está baseado neste contrapeso aqui:

Quando a produção for mais pesada, com uma pegada rocker, militar, masculina e afins, os modelos de botas mais lights, mais delicados, fazem um belo contraponto, dando um toque de feminilidade.

1074087_170732_9801

179400_980

179367_980

E quando a produção for mais ladylike, de vestidos ou saias (curtas ou longas), rendas e outros elementos mais femininos, o coturno acrescenta um toque de rebeldia, e quebra a obviedade.

970119_DSC_0197dlookj

Screen-shot-2011-04-06-at-8.27.24-PM

Mas como tudo na moda, é claro que tem mil outras formas possíveis e bacanas de usar os dois modelos.

E tem ainda a possibilidade de não usar nenhum, se pra você não colar, se não for ao encontro do seu estilo pessoal.

Se você se identifica com este último grupo, não encane. Apenas saiba que elas estão por aí, e que, neste inverno, você será bastante assediada por elas 🙂

 

P.S.: Nem todas as fotos tem botas de cano médio. Algumas tem ankle boots, outras um meio termo entre ankle e cano médio. Mas a idéia aqui, neste post, é explicar o conceito, a questão do contrapeso, e mostrar produções bacanas pra bota de cano médio mesmo que elas não estejam em todas as fotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *